Siga-nos

As sete cartas do Apocalipse “Carta a Igreja de Éfeso”

Apocalipse 2:1-7. Segundo Tim Chester Éfeso era a porta de entrada para a Asia Menor. Grande e do comércio da região passava por seu porto.

Uma larga parte estrada margeada por colunas de ambos os lados estendia-se desde a cidade até ao porto.

Os requintes e as seduções do império estavam plenamente expostos em Éfeso – tal como os cartazes que se alinham em nossas ruas e os anúncios que enchem nossos monitores.

Porque Cristo caminha entre o seu povo (2.1), ele “conhece as suas obras” (v. 2)

E os efésios são elogiados porque trabalharam muito (v. 2), rejeitaram o ensino falso (v. 2,6) e perseveraram (v. 3).

Eles são os membros da igreja conscientes e firmes nas doutrinas da sua época. E foram elogiados por ser sua igreja é tolerante com falsos ensinamentos (v. 2) e não “odeia” a imoralidade (v. 6), então ela não tem a aprovação de Cristo. isso.

Contudo, a igreja de Éfeso também é advertida (v. 4,5). Os que faziam parte dela resistiram ao assalto de falsos ensinamentos, mas não lutaram contra a sedução do mundo.

Não sabemos ao certo, mas é provável que os nicolaítas, mencionados no versículo 6, teriam dito que a participação no culto imperial era aceitável (v. 14,15) — talvez houvessem argumentado que os ídolos representavam deuses que não existiam de fato, e por isso o culto a eles era irrelevante.

Os cristãos efésios não tinham ido tão longe, mas estavam sendo seduzidos. Podemos nos orgulhar de não deixar nossa teologia ser infectada ideias mundanas.

Mas o tempo todo nossa vida pode por ser contaminada por prioridades mundanas. Podemos viver em função do tesouro da terra e procurar nossa segurança nele.

Essa é uma mensagem para nós hoje. Podemos ser fortes na doutrina e na ORTODOXIA moral. No entanto, com muita frequência nossas igrejas não se caracterizam pela paixão por Jesus.

O Cristo ressurreto adverte que ele fechará tais igrejas (v. 5). Ele nos chama de volta ao nosso primeiro amor – o próprio Cristo.

Como podem eles reacender essa paixão?

  1. Olhando para trás. “Considere o quanto você caiu!” (v. 5). Eles deveriam se lembrar do entusiasmo que tinham quando inicialmente se tornaram cristãos.
  2. Eles deveriam se lembrar da bondade de Deus para com eles na cruz e na sua própria experiência.
  3. Olhando para a frente. O versículo 7 olha para a frente na visão de João sobre a nova Jerusalém (22.1-5).
  4. Se os cristãos “saíram” do sistema do mundo (18.4,5), para onde podem ir? A resposta de João é para a Nova Jerusalém.
  5. Os candelabros do Tabernáculo foram concebidos parecidos com a árvore da vida (Gn 2.9; Ex 25.31-36). para serem Em vez de terem seu candelabro removido (Ap 2.5), aos efésios é oferecido algo real — a árvore da vida (v. 7).

Considerações Finais Sobre a Carta Destinada a Igreja de Éfeso

Para que você possa se aprofundar e continuar seus estudos, leia o nosso próximo artigo “As sete cartas do Apocalipse”.

Para você ter uma visão mais acurada do assunto indico o livro “Apocalipse para você” de Tim Chester que deu origem a este artigo. Deus abençoe, até o próximo texto.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *