Siga-nos

As sete cartas do Apocalipse “Carta a Igreja de Tiatira”

Apocalipse 2:18-28 – Tiatira. Lídia primeira convertida em Filipos, era “uma negociante de tecido de púrpura” originária “da cidade de Tiatira” (At 16.14). A cidade era um centro comercial com muitas guildas.

A passagem de Apocalipse 2.20 fala sobre “comer ali mentos sacrificados aos ídolos”. Talvez as pessoas estivessem usando os ensinamentos de Paulo.

Em 1Coríntios 8 os cristãos poderiam que comer alimentos previamente oferecidos aos ídolos porque os ídolos não são nada, e usavam isso para justificar sua participação no culto idolatra( o que Paulo condena em 1Co 10).

A igreja em Tiatira tinha muitas razões para ser elogiada (Ap 2.19)

Ao contrário dos efésios, eles estavam fazendo mais do que haviam feito “no início” (v. 4,19). Porém, também estavam permitindo concessões entre seus membros. “Jezabel” é provavelmente o nome dado por Cristo para uma mulher influente na igreja.

No Antigo Testamento, Jezabel foi a rainha estrangeira que introduziu em Israel o culto a BAAL e perseguiu os profetas de Deus (1Rs 16.31-33; 18.4,19; isso que o 19.1,2).

Israel não adorou a Baal no lugar do SENHOR. Eles tanto adoravam a Baal quanto ao SENHOR. É por profeta Elias os conclamou a que parassem de vacilar entre duas opiniões (1Rs 18.21).

Cristo usa o nome Jezabel para mostrar que a mesma lealdade dividida está presente em Tiatira. As pessoas adoram Jesus aos domingos, mas participam do culto imperial nas segundas-feiras.

A “imoralidade” em Apocalipse 2.20,21 pode se referir a rituais pagãos, mas Apocalipse usa a imoralidade como uma imagem de adultério espiritual (17.1,2; 18.2,3; 19.1-3), e Jesus fala do “ensina mento” de Jezabel em 2.24.

As pessoas podem se apresentar como membros respeitados de sua igreja local e ao mesmo tempo apresentarem em sua vida particular ou profissional histórias de comprometimento.

No entanto, o Cristo ressurreto tem olhos de chama de fogo (v. 18), que buscam nosso coração e mente (v. 23). No Antigo Testamento, os filhos de Jezabel foram todos exterminados.

Sejam os versículos 22 e 23 literais ou não, para esta vida ou para a vida futura, o sentido é claro: o comprometimento leva ao julgamento.

Jesus diz à igreja:

■ “Apeguem-se com firmeza” ao evangelho (v. 25). Jezabel oferece os “chamados segredos profundos de Satanás”.

Jezabel pode ter falado sobre conhecer segredos profundos sobre Deus, mas Cristo diz que eles são realmente de Satanás.

Ou pode ser que Jezabel tenha afirmado conhecer os caminhos de Satanás para que seus segui dores pudessem participar de rituais pagãos sem serem afetados.

O ponto é claro: pessoas que oferecem ensinamentos “inovadores” podem parecer impressionantes, mas os cristãos devem permanecer fiéis ao evangelho.

Apeguem-se à perspectiva celestial (v.26-29).

Em Salmos 2.7, Deus proclama o Messias como seu Filho (veja também Ap 2.18) e lhe dá toda a autoridade (v. 27).

Agora Jesus nos dá autoridade para anunciar seu nome (Mt 28.18-20). Assim, nós vencemos as nações mediante nosso testemunho de sofrimento (Ap 12.5,10,11).

Jesus também concede a estrela da manhã, que é ele mesmo, e seu reino (v. 28; 22.16; Nm 24.14-20).

A estrela da manhã aparece antes do amanhecer e estava ligada ao planeta Vênus, a deusa romana da vitória.

Portanto, aqui Cristo também pode estar subvertendo as reivindicações da astrologia. Jesus é o verdadeiro sinal de que o dia final da vitória de Deus está amanhecendo.

Para que você possa se aprofundar e continuar seus estudos, leia o nosso próximo artigo “As sete cartas do Apocalipse”, para você ter uma visão mais acurada do assunto indico o livro “Apocalipse para você” de Tim Chester que deu origem a este artigo. Deus abençoe, até o próximo texto.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *