Siga-nos

O tema da Promessa – Teologia do Antigo Testamento

Neste artigo vamos falar sobre o tema da promessa na Teologia do Antigo Testamento. É fundamental que os estudantes da Bílblia Sagrada tenham um entendimento profundo do que a promessa que Deus fez no passado tem influenciado nossos dias atuais.

Portanto, leia com atenção o conteúdo a seguir e veja os princípios básicos de uma teologia fundamentada na palavra do Deus de promessas com aliança eterna.

Teologia Bíblica Aliancista do Antigo Testamento ao Alcance de Todos – O tema da Promessa

Ao estudar sobre o tema da promessa de Deus na bíblia temos que entender que a história de Israel e sua teologia molda e direciona nossa história. Veja o que a Bíblia diz;

“Havendo Deus, outrora, falado muitas vezes, e de muitas maneiras…., nestes últimos dias nos falou pelo Filho”. Hb 1.1-2. Segundo Walter Kaiser, em seu livro:

O Plano da Promessa de Deus

Podemos contar, organizar e desenvolver a promessa Deus ao longo da historia desta maneira:

  • 1. Era Pré-patriarcal: introdução à Promessa.
  • 2. Era Patriarcal: provisão da Promessa
  • 3. Era Mosaica: povo da promessa.
  • 4. Era Pré-monarquica: o lugar da promessa.
  • 5. Era Davidica; o rei da promessa.
  • 6. Era Sapiencial: a vida na promessa.
  • 7. Século IX: o dia da promessa.
  • 8. Século VIII: o servo da promessa.
  • 9. Século VII: a renovação da promessa.
  • 10. Tempos Exílicos: o reino da promessa.
  • 11. Tempos Pós-Exílicos: o triunfo da promessa

Considerações Finais Sobre a Teologia do Antigo Testamento e o Tema da Promessa

Esta é apenas uma pequena introdução sobre a Teologia do Antigo Testamento, e o tema da promessa.

Dessa forma, é importante que você leia os demais artigos que fazem parte dessa rica matéria de teologia.

Aqui no site Teologiaaoalcancedetodos.com, você verá um conteúdo completo deste assunto.Para que você possa se aprofundar e continuar seus estudos, indico o livro de Walter Kaiser Junior: “O Plano da Promessa de Deus”. Deus Abençoe, até o próximo texto.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *